banner laranjeirasfm
ELEIÇÕES 2020

Irregularidades na campanha eleitoral 2020 alcançam R$ 60,4 milhões

Os indícios de irregularidades estão entre doações e pagamentos de serviço, aponta o Tribunal Superior Eleitoral

21/11/2020 10h06Atualizado há 2 semanas
Por: Andreia Souza
Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa

As evidências de irregularidades no primeiro turno das eleições municipais de 2020, alcançaram a marca de R$ 60,4 milhões, entre pagamentos de serviços e doações, aponta o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Entre as incoerências identificadas estão quinze pessoas que, mesmo falecidas (com nome incluído no Sistema de Controle de Óbitos), doaram um total de R$ 19.587,40 para candidatos de todo o País.

Segundo o levantamento feito pelo TSE, foram registradas 9.068 doações de pessoas sem emprego formal, que somaram a elevada cifra de R$ 33,7 milhões. O levantamento ainda encontrou 1.981 doadores que possuem renda incompatível com a quantia repassada - essas pessoas teriam doado um valor total superior a R$ 17 milhões.

O relatório do TSE também identificou um total de 1.227 pessoas que efetuaram doações de R$ 573 mil, mesmo estando inscritas em programas sociais.

Um universo de 1.502 fornecedores sem registro na Receita Federal ou na junta comercial ganharam R$ 2,7 milhões por serviços prestados a candidatos. Os técnicos ainda constaram que 925 fornecedores de campanha possuem relação de parentesco com o candidato ou o vice, recebendo mais de R$ 1,6 milhão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 13h57
29°
Pancada de chuva Máxima: 33° - Mínima: 24°
33°

Sensação

6 km/h

Vento

79%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner entrevista da semana
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Anúncio
Anúncio