BANNER 70 ANOS TCE
DIA DO PROFESSOR

Professores fixam cruzes na Ponta Negra, em Manaus, em homenagem a profissionais da educação vítimas da Covid-19

Categoria relata que Dia do Professor deste ano é diferente, e "o sentimento de hoje é saudade". Mais de 4,2 mil pessoas já morreram no estado com doença

15/10/2020 15h00Atualizado há 2 semanas
Por: Lua Aguiar
Foto: Eliana Nascimento/G1 AM
Foto: Eliana Nascimento/G1 AM

O Dia do Professor, comemorado nesta quinta (15), foi marcado por homenagem a profissionais da educação mortos pela Covid-19 em Manaus. Um grupo de professores fixou cruzes no Complexo Turístico da Ponta Negra com fotos de colegas que morreram com a doença.

Mais de 30 professores foram homenageados durante o ato. Em todo o Amazonas, até esta quarta (14), a doença já matou mais de 4,2 mil pessoas. O Amazonas foi o primeiro estado do País a reabrir escolas na pandemia.

O ato teve início por volta das 8h30 e cerca de 15 professores estiveram no local. Segundo a organização, a quantidade de professores na homenagem teve que ser restrita para evitar aglomeração.

Além da sala de aula, professores mudam formas de ensino durante pandemia; 'Saímos da zona de conforto', diz educadora

Testagem em massa já identificou 3.393 casos de Covid-19 em profissionais da educação no AM

Feitos de pedaços de madeira, o grupo pregou cruzes, além de flores, em um gramado do calçadão junto a fotos de professores que foram vítimas da doença. Com um violão, músicas também foram cantadas pela categoria em homenagem aos colegas.

A professora Helma Sampaio contou ao G1 que, diferente de todos os Dias do Professor que ela já comemorou, o sentimento de hoje é saudade.

"Hoje temos um sentimento de muita saudade, que muitas vezes dói mesmo o coração. Porque, às vezes, avaliamos que essas pessoas poderiam estar vivas se tivessem tido um atendimento médico eficiente que assegurasse com que elas pudessem ter sido recuperadas, mas infelizmente morreram e deixaram muita saudade entre familiares e colegas de trabalho", contou.

A professora declarou que, após o fim da pandemia, vai existir um vazio por conta dos professores que faleceram em decorrência do novo coronavírus. Ela lembra da luta da classe por uma sociedade melhor.

"Os professores merecem respeito, consideração e valorização. Neste dia, nós não buscamos discursos falaciosos de parabéns, mas queremos que as autoridades públicas possam respeitar verdadeiramente os professores", disse.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 23h33
24°
Trovoada e chuva Máxima: 32° - Mínima: 24°
24°

Sensação

9 km/h

Vento

94%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner entrevista da semana
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Anúncio
Anúncio