banner laranjeirasfm
CASO FLÁVIO

Em nota, Chico Preto lamenta morosidade do MPAM nas investigações do Caso Flavio

Após 1 ano do ocorrido, MPAM finalmente deu andamento a investigação que tem como alvo Arthur Neto e seu enteado Alejandro Valeiko.

15/09/2020 17h08Atualizado há 2 semanas
Por: Lua Aguiar
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em novembro de 2019, O vereador e atual pré-candidato à prefeitura de Manaus, Chico Preto (DC), entrou com uma denúncia referente ao atual prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), sobre o seu possível envolvimento no Caso Flávio, no qual tem o seu enteado, Alejandro Valeiko, como principal réu. Após 1 ano o ocorrido, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) decidiu dar andamento à representação feita pelo pré-candidato.

No documento, Chico pediu que o Ministério Público tomasse as medidas necessárias, com instauração do Inquérito Civil, para apurar possíveis atos de Improbidade Administrativa, por parte do prefeito de Manaus.

"Sem prejuízo de outros atos ímprobos de maior gravidade, eis que dúvidas assistem no sentido da presença do Senhor Prefeito Municipal na cena do evento que vitimou o Engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, comandando agentes públicos e bens móveis a serviço da Prefeitura Municipal", diz o documento.

A confirmação da presença de Arthur no local, veio de sua própria esposa, Elisabeth Valeiko, mãe do acusado de assassinato, em depoimento a Policia Civil do Amazonas, no documento declara-se "Que não se recorda do horário em que saiu do condomínio, porém o fez na companhia de seu marido Arthur".

Em nota oficial, Chico lamentou atraso do MPAM no andamento da investigação. “É no mínimo lamentável que somente um ano após o ocorrido, o Ministério Público do Estado do Amazonas decida dar andamento à representação que eu, na condição de representante do povo da cidade de Manaus, fiz pedindo investigação sobre o uso de servidores e de um carro oficial da Prefeitura de Manaus no assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues. Crime este ocorrido dentro da casa do enteado de Arthur Neto”.

Caso Flávio

O homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos ocorreu no dia 29 de setembro de2019 após uma festa na casa do enteado do prefeito de Manaus, Alejandro Molina Valeiko. O corpo da vítima foi encontrado somente no dia seguinte no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus.

No dia 18 de novembro, a Polícia Civil realizou a reconstituição do crime. Por cerca de cinco horas, os seis suspeitos e investigadores estiveram na casa de Alejandro Valeiko. Posteriormente, a polícia afirmou já conhecer o autor do crime.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 04h18
23°
Nuvens esparsas Máxima: 29° - Mínima: 24°
23°

Sensação

4 km/h

Vento

94%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner entrevista da semana
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Anúncio
Anúncio