banner laranjeirasfm
ESCOLHEU ERRADO

Capitão Alberto Neto escolhe como seu vice candidato assassino e agressor

Orsine Junior, foi o escolhido para compor a chapa de Capitão Alberto, porém não possui um bom currículo, o empresário coleciona uma série de polêmicas.

15/09/2020 15h16Atualizado há 2 semanas
Por: Lua Aguiar
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O empresário Orsine Junior anunciado nesta segunda-feira (14), como pré-candidato à vice-prefeito de Manaus, junto ao Capitão Alberto Neto, pelo Partido de Mobilização Nacional (PMN), possui um histórico criminal. Orsine já foi denunciado pela ex-namorada por agressão física e no ano de 1999 matou um jovem de 19 anos atropelado. Desde o crime, Orsine segue impune.

O empresário coleciona uma série de polêmicas. Além dos crimes citados, outro fato que envolve o nome de Orsine, seria a falta de pagamento de aluguel da empresa H. Y. Mouas Produções e Comércio – EPP, cujo nome de fantasia é Ekco Produções e Comércio, pertencente, legalmente, à mulher do empresário.

A Justiça precisou ser acionada e Orsine recebeu uma ordem de despejo por atraso de aluguel durante oito meses. O processo foi julgado pelo juiz Rogério José da Costa Vieira, titular da 15ª Vara Cível e de Acidentes de Trabalho da Comarca de Manaus. Por conta disso, Orsine é chamado de “caloteiro” no meio empresarial.

Outro caso é que o tio do candidato ganhou do governo, no período em que Amazonino Mendes era governador, R$ 2,8 milhões em aluguel de barcos. Orsine também foi o articulador da campanha do ex-governador José Melo em 2015, condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM). Ele foi acusado de divulgar pesquisa falsa em benefício de José Melo nas eleições de 2014.

Quanto ao caso das acusações de agressão física, a ex-namorada, Bruna Paes Barreto denunciou o empresário em julho de 2016. Ela afirma que foi agredida em um restaurante e que era constantemente humilhada e maltratada em seu local de trabalho, a Amazonastur, onde era chefe de gabinete dele. Pessoas próximas ao casal confirmaram a versão de Bruna.

Já a acusação de homicídio, Orsine atropelou o jovem José Aglailton da Conceição, na época com 19 anos, quando ele voltava para sua casa localizada no bairro Monte Sinai, Zona Norte da cidade.

O jovem chegou a ser encaminhado ao hospital 28 anos de agosto, mas faleceu antes de chegar na unidade médica. Outras duas pessoas ficaram feridas, ambas com ferimentos leves. Orsine nunca foi julgado pelo crime.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 04h49
23°
Nuvens esparsas Máxima: 29° - Mínima: 24°
23°

Sensação

4 km/h

Vento

94%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner entrevista da semana
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Anúncio
Anúncio