banner laranjeirasfm
PEDIU PRA SAIR

Exclusivo: Delegada Emília Ferraz entrega o cargo para concorrer nas eleições em Manaus

A primeira mulher a frente da delegacia geral do Amazonas assumiu no dia 21 de fevereiro de 2020, deixará o cargo para concorrer a uma vaga na Câmara Municipal de Manaus

Corredores do Poder

Corredores do PoderAs principais informações e análises sobre os bastidores da política do Amazonas e de Brasília.

03/08/2020 21h12Atualizado há 2 meses
Por: Eduardo Menezes

A delegada geral do Amazonas, Dra Emília Ferraz, se despediu dos servidores da polícia, ela está deixando o cargo público na área de segurança para concorrer às eleições municipais em Manaus, segundo fonte na Delegacia Geral.

Os cotados para assumir o cargo deixado pela delegada Emília, é o delegado George Gomes que é o atual corregedor-geral do Sistema de Segurança Pública, e o delegado Geraldo Eloy. Também são cotados os delegados Sinval Barroso como titular e Mário Aufiero como o número 2 da instituição.

Trajetória

Primeira mulher a comandar a Polícia Civil do Amazonas, a delegada de carreira Emília Ferraz Carvalho Moreira é formada em Direito pela Universidade Federal do Piauí. Possui especialização em Segurança Pública, pela Universidade Nilton Lins e mestrado também em Segurança Pública pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Natural de Teresina, no Piauí, Emília Ferraz ingressou na instituição em dezembro de 2001, após aprovação em concurso público.

A primeira lotação foi no 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Novo Israel. Atuou também no 12º e 20º DIPs e Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV). Exerceu função no Departamento de Polícia do Interior (DPI) e Departamento de Administração e Finança (DAF).

Em 2008, foi designada para assumir a direção do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), sendo a primeira mulher a responder pela diretoria daquele departamento. A delegada ficou à frente do DRCO por quase cinco anos, até ser convidada para assumir a função de corregedora-auxiliar e, posteriormente, corregedora-geral adjunta na Corregedoria-Geral do Sistema de Segurança Pública, onde atuou em casos complexos, como o massacre ocorrido em janeiro de 2017, durante rebeliões no sistema prisional do estado.

Emília Ferraz ocupou ainda o cargo de chefe de gabinete da Polícia Civil. Em março de 2019, a delegada recebeu o título de Cidadã do Amazonas pelos relevantes serviços prestados para a população. Mais recentemente, a autoridade policial vinha atuando como presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia de Carreira do Amazonas (Sindepol-AM).

Perguntar não ofende

O que a delegada agregou com a Polícia no Amazonas? Qual legado ela deixa? Difícil responder. Há quem diga, nos bastidores que a invenção de uma candidatura nas eleições deste ano é para não manchar a biografia da delegada, já que sua saída já era estudada há meses e pegaria muito mal ficar tão pouco tempo no cargo. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 02h25
26°
Alguma nebulosidade Máxima: 33° - Mínima: 23°
28°

Sensação

6 km/h

Vento

84%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner entrevista da semana
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas
Anúncio
Anúncio