banner laranjeirasfm
BASTIDORES

Polícia Federal esperou Wilson Lima viajar para Brasília para poder fazer operação

O governador está fora do Estado para compromissos políticos

Corredores do Poder

Corredores do PoderAs principais informações e análises sobre os bastidores da política do Amazonas e de Brasília.

30/06/2020 09h05
Por: Eduardo Menezes

Há uma sombra sobre a operação da Polícia Federal (PF) da manhã desta terça-feira (30), não há informações divulgadas, não há nada muito preciso, apenas uma pirotecnia midiática para colocar a instituição como combatente do "crime organizado".

É estranho notar que a PF esperou o governador Wilson Lima (PSC), viajar para Brasília, para compromissos políticos e partidários, para fazê-lo alvo de uma operação, logo depois de haver uma operação do Ministério Público do Estado (MPAM), ou seja, uma investigação recorde com as provas dadas pelo órgão.

Os mandados de busca e apreensão e prisão temporária ajudam o governador a discernir quem é quem, já que sua inexperiência política não permite ver isso.

A verdade é que as evidências robustas, as provas contundentes e os fatos irrefutáveis, perdem espaço para a vaidade imposto pelo protagonismo necessário de uma operação esperada e além disso, pouco temida. A operação não foi vista como surpresa, nem como novidade, foi apenas um espetáculo para mostrar que a PF é quem comanda a “zorra toda”.

É imprescindível que hajam investigações, operações e punições, no entanto, é mais imprescindível ainda é que as ações de combate a corrupção sejam feitas com o equilíbrio da justiça, e não com manobras pouco republicanas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.