Sábado, 25 de Junho de 2022
92 98468-7887
Amazonas DISCURSÃO

Governo do Estado é convidado para plano de trabalho que discutirá desenvolvimento sustentável do Sul do Amazonas

O trabalho formado pela sociedade civil organizada, governos federal, estadual e prefeituras municipais

20/05/2022 19h45 Atualizada há 1 mês
Por: Bianca Mello Fonte: Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas

O governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), foi convidado para participar da retomada do plano de trabalho da frente interinstitucional formada por representantes da sociedade civil organizada, governos federal, estadual e prefeituras municipais em prol do Sul do estado.

Intitulado “Aliança para o Desenvolvimento Sustentável do Sul do Amazonas”, o movimento reúne representantes dos municípios: Pauini, Lábrea, Canutama, Tapauá, Humaitá, Boca do Acre, Manicoré, Novo Aripuanã, Apuí e Maués. 

Nesta sexta-feira (20), o secretário executivo de Desenvolvimento, Valdenor Cardoso, recebeu o representante da Aliança, Josimar Fidel, que externou o pedido de parceria junto ao governo do Amazonas.

“Este governo é desenvolvimentista, que busca o ordenamento com fins de estabilidade social, jurídica. E está de portas abertas para discutir os mecanismos para o desenvolvimento sustentável que incluem o ordenamento territorial, ambiental e fundiário, a bioeconomia, infraestrutura, dentre outros”, disse Cardoso.

Os representantes da Sedecti e da Aliança definiram que haverá um encontro de nivelamento para atualização sobre os trabalhos da frente.

“Nós buscamos o desenvolvimento sustentável do Sul do Amazonas como forma de agregar mais valor às famílias da nossa região. Desde 2016, nos reunimos para interagirmos com os diversos atores deste processo e encontrarmos soluções para a geração de renda e melhoria da qualidade de vida da nossa gente”, contou Fidel que estava acompanhado da representante da GIZ, Ana Claudia Bandeira de Melo. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.