Domingo, 26 de Junho de 2022
92 98468-7887
Política PERDEU

Cassação de Arthur do Val é aprovada pela Assembleia de SP

Arthur é cassado e perderá os direitos políticos por oito anos

17/05/2022 21h48 Atualizada há 1 mês
Por: Thaís Ramos

Nesta terça-feira (17), foi aprovado pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) a cassação do ex-deputado estadual, Arthur do Val (União Brasil). O mesmo havia renunciado ao cargo após abertura do processo que apurava as falas sexistas ditas por do Val sobre mulheres ucranianas.

A cassação foi aprovada por 73 votos, entre os 94 deputados estaduais presentes na Alesp, nenhum parlamentar presente votou contra a decisão. Sendo assim, Arthur é cassado e perde os direitos políticos por oito anos.

Falas sexistas

O processo foi aberto após o vazamento de um áudio do parlamentar, nele Arthur dizia que mulheres ucranianas “são fáceis porque são pobres”. Ele havia feito uma viagem a Ucrânia para ajudar as pessoas durante a guerra.

Quando chegou ao Brasil, ele assumiu o erro e pediu desculpas, entretanto, defendeu-se dizendo que não seria cassado.

Ele ainda criticou o Conselho de Ética em sessão em que o processo de cassação foi admitido, afirmando estar recebendo tratamento diferente em relação ao deputado Fernando Cury, suspenso no ano passado após praticar assédio contra a deputada Isa Penna (PCdoB). Disse ainda que seria cassado por motivos políticos e por ter uma atuação incômoda em relação aos outros parlamentares.

O presidente da Assembleia, o deputado Carlão Pignatari (PSDB), afirmou que a decisão dá o exemplo. “Aqui isso não vai acontecer”. Ele pediu desculpas às mulheres e afirmou que as falas preferidas não representam o pensamento da Casa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.