Sábado, 25 de Junho de 2022
92 98468-7887
Brasil ASSASSINATO

Filha de Paulo Cupertino diz estar aliviada com prisão do pai

O homem foi preso pela morte do ator Rafael Miguel e seus pais

17/05/2022 12h44 Atualizada há 1 mês
Por: Thaís Ramos

Nesta terça-feira (17), Isabela Tibcherani, filha de Paulo Cupertino, revelou que está aliviada com a prisão do pai. O homem estava foragido há três anos, pois foi acusado de matar o ator Rafael Miguel e seus pais. Cupertino foi preso na última segunda-feira (16).

Na época do crime, Isabela estava namorando o ator, em vídeo de câmeras de segurança, Paulo aparece atirando 13 vezes contra Rafael e seus pais. No momento do assassinato, Isabela e a mãe estavam no local, mas não foram alvos do homem.

"Ter que reviver tudo isso não é fácil, principalmente mediante todos os esforços para desvincular minha imagem de toda essa repercussão negativa, mas é uma notícia que minimamente alivia, mas não resolve muita coisa. É muito bom saber que ele foi preso. É o senso de Justiça. Desejo que ele pague pelo que ele fez", disse Isabela durante entrevista.

Quando lembra do relacionamento com Rafael, Isabela cita que não é mais um peso falar sobre, mas que ele sempre a tratou com muito amor e carinho.

“Hoje falar sobre isso não é mais um peso tão grande porque a gente aprende a lidar com a dor. Tem uma hora que a gente não tem mais o que fazer, você tem que seguir com a vida e eu segui com a minha, mas lembrando dele sempre com muito carinho e muito amor. E dos pais também", revelou.

Em relação ao pai, a mulher disse que prefere manter nenhum tipo de contato.

"Me revolta ele dizer que eu estou mais feliz. Porque eu não estou. Eu me reconstruí, amadureci, eu mudei tanto física quanto mentalmente, mas felicidade é um termo que ainda não conheço de fato", disse Tibcherani.

Durante interrogatório, Paulo havia dito que a filha estava mais feliz após a morte do ator.

“A filha tá muito mais feliz agora do que no tempo que ela namorava com o rapaz”, disse o assassino da família de Rafael.

Policiais que prenderam Paulo informaram que ele foi pego na capital paulista. O homem, que estava escondido, precisou voltar para buscar mais dinheiro, entretanto, foi pego por policiais que já estavam buscando por ele há anos.

Assim que foi detido, chegou a dizer ser inocente e que não havia matado ninguém.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.