Domingo, 26 de Junho de 2022
92 98468-7887
Entretenimento ALERTA DE SPOILER

O Cavaleiro da Lua é de lua? Entenda um pouco da história

Nova série da Disney aborda a temática egípcia

14/04/2022 12h34 Atualizada há 2 meses
Por: Leonardo Moreira

A nova série da Disney+ traz um personagem pouco conhecido para quem não acompanha os quadrinhos, mas uma figura bastante “única” para os fãs de carteirinha. O Cavaleiro da Lua é um compilado de personalidades, incluindo um deus egípcio.

Nos quadrinhos, Marc Spector é um mercenário que é deixado no deserto para morrer, depois de um desentendimento com um superior. Ele consegue chegar no templo do deus Khonshu, o deus da lua, protetor dos viajantes.

O deus ressuscita o mercenário e o faz seu punho, um receptáculo para levar a justiça aonde não há. De primeira, Marc não possui os poderes do deus, apenas habilidades físicas que já possuía. Com o decorrer do tempo e da história, ele consegue se equiparar aos Vingadores.

Ele possui Transtorno Dissociativo de Identidade (TDI), antes chamado de Transtorno de Personalidades Múltiplas (TPM). Carrega em sua mente três personalidades, Jake Lokley, um taxista, Steven Grant, um playboy bilionário e o Cavaleiro da Lua.

(Crédito: Marvel Comics)

E não se engane, não é o Marc Spector trajando um uniforme de herói, é outra persona. Elas acabam formando e fazendo parte de dos aspectos característicos de Marc Spector.

Na série, o mocinho é Steven Grant (Oscar Isaac), um vendedor de lembrancinhas em um museu, em Londres. Quando vai dormir, se acorrenta na cama para evitar sair andando dormindo. Coloca areia em torno da cama para identificar pegadas, caso tenha saído a noite. E um dos pontos mais estrambólicos, ele não tem noção de tempo, pois vive tendo lapsos temporais.

(Crédito: Cena da série / Steven no museu)

Em uma das cenas da série, o herói (que ainda não é herói) convida uma colega de trabalho para um encontro. Ao dormir e ter sonhos esquisitos, ele se arruma para sair com a pretendente e ela lhe dá um “bolo”, no domingo. Quando ele liga para ela para saber o que houve, a mesma braveja com ele, pois havia ido no dia e no horário combinado (quinta-feira). Ele então percebe que “apagou” por dois dias.

(Crédito: Cena da série / Steven sai para o encontro)

A série é tudo o que o Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) já abominou, mexer com magia. Temos como exemplos os Asgardianos, que viraram alienígenas, a Feiticeira Escarlate, que foi criada a base de experimentos tecnológicos.

Atualmente, a Marvel pareceu renovar os princípios e lavou as mãos desse assunto. Como prova disso temos os dragões em Shang-Chi, Dr. Estranho com todas as esquisitices que pode fazer e WandaVision, trazendo uma bruxa antiga, Ágatha Harkness.  

(Crédito: Cena da série / Cavaleiro da Lua em luta)

A Disney prometeu e entregou! Quando foi divulgada, o estúdio disse que a série seria totalmente diferente do que já tínhamos vivenciado em outras produções. E realmente foi isso o que ocorreu. A série é atípica, misturando terror psicológico e nada parece fazer sentido (caso não tenha lido as HQ’s). Só podemos aguardar o desenrolar da trama com os episódios, que saem todas as quartas-feiras, na plataforma de streaming Disney+.Assista o trailer:

Assista o trailer: 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.