Sábado, 25 de Junho de 2022
92 98468-7887
Política MACHISMO

Braga usa meme machista para pedir que jovens tirem título de eleitor

O senador postou uma imagem fazendo alusão ao caso de grande repercussão na web para tentar captar a simpatia dos mais jovens para as eleições deste ano.

28/03/2022 10h48 Atualizada há 3 meses
Por: Eduardo Menezes

O senador Eduardo Braga (MDB), postou na última semana uma imagem para pedir que os jovens sem título de eleitor o emitissem para participarem das eleições deste ano.

Na imagem, o senador coloca a frase “uma mão no volante e a outra no título”, fazendo alusão ao meme criado após o caso de grande repercussão na web do homem em situação de rua que manteve relação sexual com a esposa de um personal em Brasília. O homem em situação de rua havia dito em uma entrevista ao site Metrópoles a seguinte frase: uma mão no volante, outra no carinho. A fala logo se tornou um dos assuntos mais comentados da internet.

Para especialistas ouvidos pelo Laranjeiras News nesta segunda-feira (28), o simples fato de fazer alusão a frase de uma entrevista onde um homem dá detalhes sobre a relação sexual que manteve com uma mulher, já deve ser repudiada por perpetuar o constrangimento da mulher envolvida no caso.

“Diversos foram os compartilhamentos realizados no Instagram, WhatsApp, Twitter e em outras redes sociais exaltando a atuação do mendigo nas entrevistas. As frases de efeito utilizadas logo desenvolveram os chamados “memes” que se reproduzem e continuam a serem compartilhados com piadas machistas e com uma certa veneração ao morador em situação de rua.”, disse o cientista social, Marcos Dantas.

O absurdo de toda esta exposição piora quando o entrevistado indica as particularidades do corpo da mulher envolvida no caso e as palavras utilizadas exercem a função de objetificação e padronização do corpo feminino, levando muitas pessoas a se divertirem às custas do machismo que agora passa de velado para escancarado, e um senador da República que, em tese, deveria defender a integridade das pessoas compartilha uma alusão a um triste episódio.

Para Eduardo Braga deve ser um esforço gostar de mulher, mas o mínimo que poderia fazer é respeitá-las, em suas liberdades de escolha, em suas funções e atribuições e principalmente e suas particularidades. Porém, para quem tem o histórico que o senador ostenta com o sexo oposto, parece ser uma árdua tarefa.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Senador Eduardo Braga (@eduardobraga_am)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.