Quarta, 18 de Maio de 2022
92 98468-7887
Amazonas INVESTIMENTOS

Governador Wilson Lima anuncia investimento de mais R$ 61,2 milhões em ciência, tecnologia e inovação no Amazonas

Os recursos vão apoiar formação de recursos humanos e pesquisas em áreas estratégicas

27/01/2022 17h30 Atualizada há 4 meses
Por: Bianca Mello Fonte: Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas

O Amazonas inicia 2022 impulsionando a área de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) com o lançamento de oito editais pelo governador Wilson Lima, nesta quinta-feira (27/01). São R$ 61.210.880,00 em investimentos para apoiar a formação de recursos humanos, pesquisas em áreas estratégicas para o desenvolvimento econômico e socioambiental, além de projetos de popularização da ciência, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam).

“Isso é fundamental levando em conta que a gente está no maior laboratório do mundo, que temos a maior extensão de floresta contínua do planeta. A partir dessas pesquisas a gente consegue encontrar soluções para o nosso dia a dia. A pesquisa e a tecnologia foram fundamentais no entendimento da Covid e no combate à pandemia”, destacou o governador ao ressaltar estudos financiados pelo Estado nessa área.

“Aqui no Amazonas nós tivemos algumas pesquisas financiadas pela Fapeam, uma inclusive da Fiocruz para testar uma das vacinas, para saber a eficácia, dentre outros estudos patrocinados”, frisou.

A diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, destacou a ampliação dos investimentos em CT&I na atual gestão.

“A cada momento que a gente faz novos investimentos significa que a gente consolida e amplia a política de ciência, tecnologia e inovação do nosso estado. Com isso, a gente traz uma série de benefícios e descobertas que interferem na vida da comunidade. Isso tem uma importância muito grande já que a gente não vê isso acontecer em todos os estados. Aqui a gente tem isso garantido desde 2019”, disse Márcia Perales.

Inéditos – No pacote de investimentos há dois programas inéditos. Um deles é o Programa Humanitas-CT&I Fapeam, que vai amparar projetos de pesquisa científica, inovação ou de transferência tecnológica para produção de conhecimentos inovadores para soluções de problemas amazônicos na área de Ciências Humanas. Neste edital, são R$ 2,6 milhões para até 22 projetos no estado.

Outro edital pioneiro é o Programa de Apoio a Doutores (Prodoc/Fapeam), que beneficiará pessoas residentes no Amazonas interessadas em cursar pós-doutorado no país ou no exterior, com projetos em áreas estratégicas e prioritárias no estado.

Recursos Humanos – Uma das linhas de frente dos investimentos em CT&I da Fapeam é o apoio à formação de recursos humanos. Neste campo, o Governo do Estado investe, em 2022, mais de R$ 51 milhões distribuídos no Programa Ciência na Escola (PCE), Programa de Apoio à Iniciação Científica (Paic) e o Programa Institucional de Apoio à Pós-Graduação Stricto Sensu (Posgrad).

No total, serão concedidas mais de 5 mil bolsas para professores e alunos da educação básica e a estudantes da graduação, mestrado e doutorado.

Márcia Perales destacou que a formação de recursos humanos tem recebido um olhar diferenciado do governador Wilson Lima, que autorizou para este ano reajustes, de 10% a 50%, nas bolsas pagas pela Fapeam, além da inclusão de novas modalidades como bolsas em produtividade em pesquisa, pós-doutorado e pós-doutorado empresarial.

Edital para o interior – Para atender exclusivamente o interior do estado, Wilson Lima anunciou uma nova edição do Programa de Apoio à Interiorização em Pesquisa e Inovação Tecnológica no Amazonas (Painter+). Lançado pela primeira vez em 2020, o programa surpreendeu de forma positiva pelo grande número de inscrições e pela qualidade das propostas submetidas por pesquisadores do interior. 

O Painter+ recebe investimento de R$ 2,5 milhões para fomentar a interiorização da pesquisa aplicada e inovação tecnológica em áreas estratégicas, especialmente, para o desenvolvimento econômico, social e ambiental do estado. O Programa irá apoiar até 24 projetos no interior.

Popularização da Ciência – Mais de R$ 3 milhões serão investidos pelo Estado em ações de popularização e difusão da ciência no estado, por meio do Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos no Estado do Amazonas (Parev) e Programa de Apoio à Ciência, Tecnologia e Inovação (POP CT&I).

“São oportunidades para os pesquisadores de instituições locais, mas que potencializam a projeção do estado do Amazonas e das instituições locais para o Brasil e para o mundo, de forma que a gente consiga inclusive atrair novos grupos de pesquisa para se associar aos nossos. E, assim, a gente fortalece a nossa caminhada”, disse Katia Torres, diretora de ensino e pesquisa da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (FCecon).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.