Quarta, 18 de Maio de 2022
92 98468-7887
Polícia PRESOS

Vulgo "jacaré" leva socos de familiares de sargento morto ao sair da DEHS

Alexandre Borges de Oliveira de 20 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (27) suspeito de planejar a morte de Evandro juntamente com a namorada que também é neta da vítima.

27/01/2022 14h50 Atualizada há 4 meses
Por: Lohana Rocha

Alexandre Borges de oliveira, 20 anos, foi surpreendido como socos pelos familiares da vítima ao sair da Delegacia Especializa em Homicídios e Sequestros (DEHS), quando fazia o exame de Corpo e Delito após envolvimento na morte do Sargento da Reserva da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Evandro da Silva Ramos, 59 anos.

Os familiares estavam em frente à Delegacia em protesto a morte do sargento com gritos de Justiça. Os manifestantes revoltados ao verem Alexandre não conterem os ânimos e desferiram cerca de três socos contra Alexandre que foi conduzido rapidamente a viatura da Polícia Civil.

Sobre o caso

A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (27), o casal identificado com Thayssa Ramos Costa, 19 anos, e Alexandre Borges de Oliveira, 20 anos, responsáveis por planejar a morte do sargento da reserva a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Evandro da Silva Ramos.

Segundo informações repassadas pela polícia, a mulher é neta do sargento e planejou a morte do próprio avô, com ajuda do namorado (Alexandre). Thayssa confessou o crime para a polícia e não demonstrou nenhum sentimento de arrependimento pela morte do sargento.

Ainda segundo as informações repassadas por agentes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a neta sabia que o avô guardava R$ 30 mil em casa, por isso, planejou o assalto com o seu namorado. Para não levar suspeitas, eles chamaram dois amigos para cometer o crime.

Evandro foi assassinado a tiros na tarde do último sábado (22) por voltas das 16h, dentro da própria casa localizada no bairro Coroado, zona Leste de Manaus. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu e faleceu no Hospital e Pronto Socorro João Lúcio na zona Leste de Manaus.

Câmeras de Segurança flagraram a fuga dos pistoleiros. Eles seguem sendo procurados pela Polícia Civil.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.