Sábado, 25 de Junho de 2022
92 98468-7887
Cidades PROTESTO

Morre mototaxista atropelado por motorista do transporte 'Alternativo' na zona Leste de Manaus

O crime aconteceu na noite do sábado(22), quando o motorista do "amarelinho" dirigia na contramão atingindo o trabalhador e evadindo do local sem prestar socorro.

25/01/2022 15h03 Atualizada há 5 meses
Por: Lohana Rocha
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na manhã desta terça-feira(25), o mototaxista Deusimar Pereira Holanda de 49 anos que foi atropelado por um micro-ônibus do transporte alternativo "Amarelinho" na noite do último sábado (22)não resistiu aos vários ferimentos e morreu. A vítima ainda havia sido socorrido e encaminhada ao Hospital e Pronto-socorro Platão Araújo, na zona Leste de Manaus, mas não resistiu aos vários ferimentos.

Na noite do crime, Deusimar trafegava normalmente indo buscar mais um passageiro na Avenida Hilário Gurjão, bairro Jorge Teixeira, na zona Leste, quando foi atropelado pelo motorista do transporte 'Alternativo'. A vítima ficou gravemente ferida e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A morte foi confirmada pelo presidente do Sindicato dos Mototaxistas, Rodinei Ramos. "Acabou de acontecer o pior, que a gente não esperava. É muito triste para categoria e agora para a família dele, porque ele tinha filhos, e agora, como vai ficar? disse o representante da categoria, revoltado.

Segundo informações de amigos do mototaxista, ele teve uma crise de hipotensão (é a conhecida pressão baixa, que acontece quando a força que o sangue exerce nas paredes dos vasos, veias e artérias é insuficiente para manter o corpo funcionando corretamente) ainda no sábado precisou ser levado com urgência a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde foi entubado.

Após o motorista do "Amarelinho", identificado apenas como "Olhão", fugir do local do acidente e não prestar socorro à vítima, ele se apresentou somente na manhã desta terça-feira(25). De acordo com o delegado Christiano Castilho, titular do 14º Dip, ao se apresentar após o período de flagrante, o condutor confessou que queria cortar caminho para não ter que fazer o retorno pois era muito distante.

Nessa manhã, os colegas de trabalho de Deusimar estiveram em frente ao Hospital e Pronto-socorro Platão Araújo para pedir justiça e apoiar a família, prestando homenagem à vítima.

No protesto que ocorreu ainda na manhã desta terça na bola do produtor na zona Leste, os mototaxistas amigos da vítima cobraram justiça e exigiram das autoridades de mobilidade urbana, que intensifiquem as fiscalizações tanto dos motoristas quanto dos veículos do transporte 'Alternativo' e que haja critérios mais rigorosos assim como é na habilitação da categoria de mototaxistas para que motoristas como esses que matam, atropelam e fazem várias irregularidades no trânsito sejam impedidos de conduzir os veículos.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Laranjeiras News (@laranjeirasfm)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.