Segunda, 23 de Maio de 2022
92 98468-7887
Geral Amazonas

Ação conjunta em Urucurituba prende homem em flagrante por homicídio de mulher

24/01/2022 15h55
Por: Bianca Mello Fonte: Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas

Ao longo da ação, outros quatro infratores foram presos por tráfico de drogas e associação

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 41ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Urucurituba (a 208 quilômetros de Manaus), Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e Guarda Civil Municipal (GCM), deflagrada no sábado (22/01), por volta das 18h, resultou na prisão, em flagrante, de Ewerton de Oliveira Simões, 23, conhecido como “Marreco”, pelo homicídio praticado contra Kátia Omar Rodrigues Envira, que tinha 41 anos.

Conforme o delegado Aldiney Nogueira, que responde interinamente pela 41ª DIP, o crime ocorreu na madrugada daquele mesmo dia, no bairro Liberdade Favelinha, em Urucurituba. A autoridade policial informou que, inicialmente, o infrator foi apresentado na delegacia por policiais militares como suposto autor do crime.

“Conseguimos coletar elementos robustos de que o homem realmente teria executado a vítima a pauladas e, posteriormente, jogado seu corpo em um igarapé da localidade. Averiguamos que Ewerton possui uma extensa ficha criminal por crimes e atos infracionais como homicídio, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, tanto em Urucurituba quanto em Manaus”, explicou o delegado.

A autoridade policial relatou que, durante as investigações, os policiais encontraram na casa do infrator três armas de fogo, rádios comunicadores e maconha do tipo skunk.

“Essa resposta imediata das forças de segurança visa dar um recado importante e direto. O Estado agirá sempre de modo ágil e firme contra qualquer tentativa de intimidação por parte de infratores contra a população ou contra órgãos públicos. Também ressaltamos que foi solicitada a conversão das prisões em flagrante em prisão preventiva, e solicitada a autorização de transferência do detento envolvido com o homicídio e tráfico de drogas para uma unidade prisional da capital”, ressaltou Aldiney.

Outras ocorrências – O delegado relatou que, logo após a prisão de Ewerton, houve um atentado contra uma ambulância, o que seria uma possível retaliação em decorrência da prisão do indivíduo. Além disso, populares incendiaram a casa do infrator, revoltados com a morte da mulher.

Prisões – Durante as diligências em torno da prisão do indivíduo, foi realizada a prisão de outros quatro infratores, identificados como Mateus dos Santos Barata e Hudson Teixeira da Silva, por tráfico de drogas; Ricarmo dos Santos Barata e Elói Monteiro Batista, por associação ao tráfico.

Na ocasião foram apreendidas porções de maconha, oxi e cocaína, além de cinco aparelhos celulares e duas bolsas.

Procedimentos – Ewerton foi autuado por homicídio qualificado; Matheus e Hudson por tráfico de drogas; e Ricarmo e Elói por associação para o tráfico. Todos permanecerão custodiados na carceragem da unidade policial, à disposição do Poder Judiciário.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.