Sexta, 28 de Janeiro de 2022
92 98468-7887
Amazonas LUTO

Imprensa nacional repercute a morte do poeta amazonense, Thiago de Mello

Grande nome da literatura, Thiago teve suas obras traduzidas para mais de 30 idiomas

14/01/2022 13h24 Atualizada há 2 semanas
Por: Thaís Ramos

Nascido no interior do Amazonas, no município de Barreirinha, Thiago de Mello, além de ser um grande poeta, é jornalista, escritor, artista gráfico, roteirista e tradutor.

Um homem de muitas qualidades, Thiago veio a óbito nesta sexta-feira (14). A causa da morte ainda não foi revelada.

Por ser um poeta renomado, as obras de Thiago foram traduzidas para mais de trinta idiomas. O poema mais conhecido é Os Estatutos do Homem. Com todo seu reconhecimento, neste dia tão triste para o estado do Amazonas que perdeu um de seus maiores nomes da poesia, a imprensa nacional repercute a triste notícia.

Grandes nomes como Folha de São Paulo, CNN, O Globo, Correio Braziliense, OUL e até site internacional Swissinfo.ch repercutiu a morte do jornalista.

O site UOL, descreveu Thiago como “Como um ícone da literatura regional”.

A CNN destacou que as obras do poeta tratavam de “assuntos como a vida cotidiana e as belezas da região que nasceu”. Thiago sempre amou a Amazônia e deixava claro em suas obras.

Correio Braziliense chamou o autor de “uma das vozes mais importantes na defesa da Amazônia”.

O site Chileno, Swissinfo.ch, disse que Thiago tinha uma grande amizade com o poeta chileno, Pablo Neruda, o qual traduziu uma das obras de Mello.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.