Sexta, 28 de Janeiro de 2022
92 98468-7887
Cidades DINHEIRO PÚBLICO

Prefeito de Juruá vai gastar mais de R$ 6 milhões em pavimentação

No final de seu último mandado, Rocha Junior já havia firmado certame para este mesmo tipo de serviço

13/01/2022 14h50
Por: Andreia Souza

O prefeito de Juruá José Maria Rodrigues da Rocha Junior (MDB), contratou empresa para realizar serviços d pavimentação no município.

A contratação da empresa foi divulgada no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Amazonas (DOM-AM), publicado nesta quinta-feira (13).

De acordo com a divulgação a empresa contratada foi a CONSTRUTORA DINIZ EIRELI – CNPJ Nº 17.668.753/0001-72, tem endereço na Rua Leo Rodrigues Vieira nº 71. Alvorada em Manaus, segundo seu CNPJ ela atua com serviços de engenharia desde 2013, seu capital social está orçado em R$ 10 milhões e tem em seu quadro de sócio Francimar Matos da Silva.

O contrato firmado entre a prefeitura e a empresa, visa atende o serviço de recapeamento e reconstrução do pavimento das vias no município de Juruá/AM.

Na obra será investido R$ 6.557.361,18 (seis milhões quinhentos e cinquenta e um mil trezentos e sessenta e um reais e dezoito centavos).

A duração do contrato é de 13 meses, a assinatura da homologação foi na última terça-feira (11). No entanto, na publicação não conta o número de ruas ou a quantidade de material que será utilizado para a pavimentação. Dados importantes para que a população, tenha ciência de como o dinheiro público vem sendo utilizado.

Na gestão anterior o prefeito Rocha Junior, já havia firmado contratos para realizar o mesmo tipo de serviço, onde em um único bairro foi investido R$ 6,7 milhões para realizar o serviço de pavimentação.

O Extrato de Contrato nº 003/2020 publicado no DOM e assinado pelo prefeito Rocha Junior, o processo de licitação que habilitou a aquisição foi feito na modalidade Concorrência Pública.

Na época o serviço iniciou em 23 de junho de 2020 e acaba no dia 22 de dezembro, ainda daquele ano. Os recursos, segundo o documento, são oriundos de transferência da União.

Em relação à contratação feita este ano que tem a duração de 390 (trezentos e noventa) dias, para a outra de 150 (cento e cinquenta) dias, espera-se que seja realmente feito um bom trabalho e venha atender vários bairros, não somente um, como no certame de 2020.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.