Sexta, 28 de Janeiro de 2022
92 98468-7887
Polícia CONFUSÃO

Homem dizendo ser “coronel” causa confusão e com xingamentos manda fechar Bar do Armando em Manaus

Segundo testemunhas o indivíduo entrou no local supostamente sob influência de álcool ou alguma substância entorpecente, ao ser questionado por um dos clientes o motivo dele dar a ordem de fechar o bar, o mesmo começa a xingar e derrubar os equipamentos de som da banda que tocava no momento da confusão. Veja Vídeo

12/01/2022 13h24 Atualizada há 2 semanas
Por: Hanna Rocha
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na noite desta terça-feira(11), um homem dizendo ser "Coronel" Bernardo adentrou no Bar do Armando, localizado na Rua 10 de Julho, bairro Centro, zona Sul de Manaus, totalmente transtornado e acabou com a noite tranquila dos clientes em uma confusão generalizada.

Em vídeos que circulam nas redes sociais é possível notar que o homem está completamente fora de si, gritando com clientes e com um músico da banda que se apresentava no local.

Durante a confusão policiais militares foram acionados, porém por se tratar de uma autoridade de patente superior não puderem enquadrar o homem que estava totalmente perturbado.

Em dado momento, um dos clientes intervém, questionando o coronel, que se ele é contra a abertura de bares não deveria estar ali. "Fica em casa. Vem como cliente, enche o saco de todo mundo. aí como ninguém sabe o que tu quer, tem que fechar? Vai dormir" reclamou o cliente.

Nesse momento, Bernardo parte pra cima do rapaz e acaba derrubando equipamentos da banda que tocava no momento em que foram interrompidos pelo baderneiro. Um dos cantores chega até empurrar Bernardo que foi imediatamente escoltado pelos policiais que a todo momento só conversavam com suposto Coronel.

Após a confusão o bar foi fechado e mesmo assim o coronel continuou seu surto no lado de fora do bar.

Com a viralização do vídeo, outras autoridades militares se pronunciaram sobre o ocorrido em uma das postagens na internet, um outro Coronel comenta o ocorrido:

“Isso sim, é ferir a honra, e o decoro na vida militar. Este cidadão preencheu todos os requisitos para ser submetido a Conselho de Justificação. Cometeu várias infrações, dentre elas, Abuso de Poder”.

A reportagem entrou em contato com a assessoria do comando da polícia militar, porém até momento não houve resposta.

Outro caso semelhante aconteceu em 09 de outubro de 2021, só que dessa vez na confusão estava envolvido um Bombeiro Militar, que efetuou diversos disparos de arma de fogo dentro do boteco Caminho de Ksa, localizado na Avenida das Torres, por achar que um dos funcionários teria furtado seu cartão do banco. Relembre o caso: Homem que atirou dentro de bar em Manaus é bombeiro militar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.