Sexta, 28 de Janeiro de 2022
92 98468-7887
Polícia PRESOS

Polícia Civil do Amazonas prende casal que esfaqueou motorista de aplicativo

Na ocasião, a vítima foi esfaqueada cerca de oito vezes, e os golpes atingiram os braços, ombros e pernas

30/11/2021 14h45 Atualizada há 2 meses
Por: Bianca Mello Fonte: Secom Amazonas

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP), prendeu na manhã da segunda-feira (29/11), em horários distintos, João Lucas Pimenta de Jesus, 20, e Naira Pinto da Silva, 21, que tentaram roubar e esfaquearam um advogado de 40 anos, que estava trabalhando como motorista de aplicativo. O crime ocorreu no dia 22 de novembro, no bairro Amazonino Mendes, zona leste de Manaus.

Durante coletiva de imprensa realizada no prédio da Delegacia Geral, na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste, nesta terça-feira (30/11), o delegado-geral adjunto, Tarson Yuri Soares, parabenizou a equipe da unidade policial pelo êxito em localizar o casal.

“O resultado da investigação policial foi excepcional, porque a equipe conseguiu lograr êxito no cumprimento das ordens judiciais e trazer segurança à população”, esclareceu Yuri.

Também presente na coletiva, o delegado Alessandro Albino, diretor do Departamento de Polícia Metropolitano (DPM), enfatizou o trabalho das equipes envolvidas na ação que culminou na desarticulação da dupla criminosa.

“Com muita eficiência, a PC-AM conseguiu identificar os indivíduos e cumprir as prisões preventivas. Assim, mostramos mais um trabalho exitoso, que contribuiu para retirar ambos de circulação e evitar que eles cometessem outros crimes de tamanha barbaridade”, disse Albino.

Segundo o delegado Leonardo Marinho, titular da unidade policial, na ocasião do delito, a vítima estava trabalhando como motorista, momento em que recebeu o chamado de uma corrida, via aplicativo de transporte privado urbano.

“A corrida durou apenas quatro minutos, com locais de partida e destino naquele mesmo bairro, momento em que o assalto foi anunciado. A dupla rendeu a vítima, que também foi esfaqueada cerca de oito vezes, sendo atingida nos braços, ombros e pernas. O motorista teve ainda que se jogar pela janela do veículo na tentativa de escapar da dupla”, explicou o delegado.

A autoridade policial enfatizou que após as equipes tomarem conhecimento da ação criminosa, as diligências foram iniciadas e foi constatada a participação de João Lucas e Naira no fato.

Ordens judiciais – Os mandados de prisão preventiva em nome deles foram solicitados junto à Justiça, tendo sido expedidos na última quarta-feira (24/11), pela juíza Eulinete Melo Silva Tribuzy, do Plantão Criminal.

Prisão – Na segunda-feira, os policiais identificaram o paradeiro da dupla. João Lucas foi preso no bairro São José Operário, na casa de sua madrinha, e Naira no Jorge Teixeira, na casa de seu irmão, ambos na zona leste da capital.

Procedimentos – A dupla responderá pelo crime de roubo majorado tentado qualificado. Eles serão encaminhados para Central de Recebimento e Triagem (CRT), e, após audiência de custódia, permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.