Sexta, 28 de Janeiro de 2022
92 98468-7887
Amazonas JUSTIÇA DE ANORI

Justiça condena homem que matou jovem de 17 anos em Anori

Segundo o Inquérito Policial, o condenado matou o jovem porque ele teria demonstrado interesse em uma mulher que estava em companhia dos amigos do assassino.

28/11/2021 17h18
Por: Sadim Salatiel
Justiça condena homem que matou jovem de 17 anos em Anori

O Conselho de Sentença da Vara Única da Comarca de Anori condenou a 9 anos e 3 meses de reclusão o réu Cleube Moisés Nogueira, acusado de homicídio duplamente qualificado, que teve como vítima o jovem Francivan Monteiro da Silva, e de lesão corporal grave contra um adolescente.

De acordo com a denúncia formulada pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM), com base no Inquérito Policial, os crimes atribuídos ao réu ocorreram na madrugada do dia 9 de agosto do ano passado, no bairro São João, naquele Município (distante 195 quilômetros de Manaus), quando Cleube, acompanhado de mais dois acusados – Renam Nunes de Matos e Francinaldo Brito da Costa, os quais estão foragidos – chegou de moto ao local onde a vítima se encontrava. Nesse momento, o acusado efetuou três disparos de arma de fogo contra a vítima. Um dos tiros atingiu a perna direita de um adolescente que estava ao lado de Francivan, causando-lhe lesões graves.

Segundo o Inquérito Policial, os acusados decidiram matar Francivan porque este, pouco antes, num localizado no calçadão São Francisco, teria demonstrado interesse em uma mulher que estava em companhia de um grupo do qual faziam parte os acusados. Francivan teria tentando falar com a mulher por intermédio de um amigo, o que incomodou Renan. Os dois tiveram um rápido desentendimento e, em seguida, cada um afastou-se para sua mesa. Foi quando Renan teria decidido matar Francivan. Para isso, foi à casa de Cleube – que havia se retirado mais cedo do local, por estar bastante alcoolizado – e retornou com este, em uma motocicleta dirigida por Francinaldo Brito da Costa. Cleube, então, efetuou os disparos contra as vítimas.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.