Quarta, 01 de Dezembro de 2021
92 98468-7887
Política OPINIÃO

A legislatura mais patética da história

Ficou claro que os vereadores de Manaus não têm compromisso com a população ou sequer reconhecem seu devido papel

21/10/2021 11h08
Por: Eduardo Menezes

O Brasil vive momentos assombrosos desde a redemocratização, em Manaus apesar de distante das confusões da política nacional, segue-se o mesmo caminho, o de retrocesso. Impasses que vão desde ordens jurídicas aos mais básicos conceitos de atribuições constitucionais. Para que até estes parlamentares entendam, vamos simplificar: Esta é a legislatura mais patética da história. Não somente por esbanjar uma timidez intelectual, mas também e de longe o mais grave, por se opor ao seu verdadeiro “patrão”; o povo.

Há várias legislaturas o desempenho e qualidade dos parlamentares vêm decaindo, tal como o apego desmedido pelas benesses que o Poder os trás, podendo-se contar nos dedos de um aleijado das mãos os que se salvam. E quando se trata de subserviência ao Executivo, a Câmara Municipal de Manaus (CMM), sempre tem a última palavra; sim, senhor!

A atual legislatura tem um comando acéfalo e se debate convalescendo em tributo a sua atual inutilidade num espetáculo de circo dos horrores com atores canastrões onde o palhaço é o eleitor. Costumamos dizer que em política quando você se cala muito ou é principiante ou é conivente, mas que política não foi feita para principiantes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.