Quarta, 01 de Dezembro de 2021
92 98468-7887
Esportes COLÔMBIAXBRASIL

Brasil enfrenta a Colômbia em partida pelas Eliminatórias da Copa

A seleção Brasileira invicta enfrenta nesse domingo a Colômbia pela 5ª rodada das Eliminatórias da Copa

10/10/2021 12h14
Por: Andreia Souza

A seleção Brasileira vem embalada por nove vitórias em nove jogos pelas Eliminatórias e muito próxima de garantir a classificação para a Copa do Mundo de 2022, no Catar, e nesse domingo volta a campo para enfrentar a Colômbia, no Estádio Metropolitano de Barranquilla.

A partida é válida pela 5ª rodada das Eliminatórias que deveria ter ocorrido em março, o jogo foi adiado por conta da pandemia de coronavírus. As duas seleções voltarão a se encontrar no mês que vem, em São Paulo, pela 13ª rodada.

Para este jogo, o técnico Tite deve fazer quatro alterações na escalação em relação à vitória contra a Venezuela, da última quinta-feira.

A Seleção vencendo hoje chegará a 30 pontos, considerado o "número mágico" para garantir a vaga na Copa sem necessidade de repescagem. Desde que as Eliminatórias passaram a ser disputadas neste formato, essa foi a maior pontuação de um quarto colocado - o Paraguai, na classificatória para o Mundial de 2002.

Se o Brasil lidera a competição com folgas e já está com um pé e meio no Catar, a Colômbia vive situação muito mais difícil. Os "cafeteros" estão na quinta colocação, com 14 pontos, dois a menos do que Equador e Uruguai, e somente dois a mais do que o Paraguai.

A seleção colombiana contará com o apoio de cerca de 35 mil pessoas nas arquibancadas, 75% da capacidade total do Estádio Metropolitano. Para ter acesso, os torcedores precisarão apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19 - aproximadamente 35% da população do país está com a imunização completa.

A seleção colombiana vem de empate sem gols com o Uruguai, fora de casa, e não poderá contar com um de seus principais jogadores: o meia-atacante Cuadrado recebeu o segundo cartão amarelo e terá de cumprir suspensão.

Na Copa América, em junho, as seleções se enfrentaram na primeira fase, e a Colômbia impôs dificuldades ao Brasil, saindo na frente do placar. A virada canarinho veio no fim, em jogo marcado por reclamações dos colombianos contra a arbitragem.

O técnico Reinaldo Rueda não quis confirmar a escalação para o duelo deste domingo e opinou:

– Somos conscientes da qualidade do nosso rival, mas também quando vamos a campo entramos para ganhar. Temos que ser inteligentes, ter equilíbrio emocional, estratégia e bom comportamento que nos permitam fazer um bom jogo e ganhar os três pontos. Eles têm virtudes e alternativas. É um jogo de muita inteligência, aplicação e de altíssima concentração.

Quem está fora: Cuadrado (suspenso)

Pendurados: David Ospina, Daniel Muñoz, Johan Mojica, Yerry Mina, William Tesillo, Wilmar Barrios, Mathues Uribe, Gustavo Cuéllar, Juan Fernando Quintero, Luis Díaz, Roger Martínez e Duván Zapata.

 

Brasil - Técnico: Tite

A Seleção conta com o retorno de Neymar, que cumpriu suspensão na última rodada e voltará no lugar de Éverton Ribeiro. O camisa 10 chegará a 114 jogos pelo Brasil, ultrapassará Pelé e se isolará como o quinto jogador que mais vestiu a amarelinha.

Esta, porém, não será a única mudança que Tite fará na Seleção. O ge apurou que o treinador esboçou outras três alterações no único treino que fez antes da partida contra a Colômbia, no sábado.

Prestes a completar 100 jogos pelo Brasil, Thiago Silva será poupado. Éder Militão entrará no lugar dele e formará dupla de zaga com Marquinhos. Os três defensores estão pendurados com cartão amarelo.

As outras duas alterações visam dar mais combatividade e força defensiva à Seleção: Alex Sandro ficará com a vaga de Guilherme Arana, que estreou na última quinta-feira, e Fred vai substituir Gerson no meio de campo.

Quem está fora: Casemiro (cortado por infecção no dente) e Matheus Cunha (cortado por lesão na coxa).

Pendurados: Marquinhos, Thiago Silva, Éder Militão, Gerson, Lucas Paquetá, Gabriel Jesus e Gabigol.

Arbitragem

Árbitro: Patricio Loustau, da Argentina

Auxiliares: Ezequiel Brailosvky e Cristian Navarro, ambos da Argentina

Quarto árbitro: Fernando Echenique, da Argentina

VAR: Piero Maza, do Chile

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.