Sexta, 22 de Outubro de 2021
92 98468-7887
Amazonas DEFESA DA AMAZÔNIA

Ex-chefe da PF no Amazonas, Alexandre Saraiva, grava música defendendo a Floresta Amazônica

“Se a terra sangrar / se o fogo arder / não vou descansar / ninguém vai vender / ipê, azulão / tupã, cambará / ninguém vai vender / meu chão, meu lugar”, diz um trecho da canção.

16/09/2021 08h36
Por: Sadim Salatiel
Ex-chefe da PF no Amazonas, Alexandre Saraiva, grava música defendendo a Floresta Amazônica

O ex-superintendente da Polícia Federal no Amazonas, Alexandre Silva Saraiva, gravou uma música defendendo a Floresta Amazônica que deverá ser lançada amanhã, sexta-feira (17). Ele exalta a Amazônia e defende que ninguém venderá a floresta.

“Se a terra sangrar / se o fogo arder / não vou descansar / ninguém vai vender / ipê, azulão / tupã, cambará / ninguém vai vender / meu chão, meu lugar”, diz um trecho da canção.

Outro diz: “Não se vende a luz do dia / a decência, a devoção / nem o ar que se respira / não se vende uma nação”.

Saraiva foi afastado da chefia da PF no Amazonas após um dia ter apresentado notícia-crime contra o ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, no Supremo Tribunal Federal (STF).

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.