Domingo, 19 de Setembro de 2021
92 98468-7887
Política CPI DA COVID-19

Apesar de negativa, CPI vê comprovada relação de advogado amigo de Barros com garantidora da Covaxin

Marcos Tolentino durante depoimento negou ser sócio oculto do FIB Bank, que deu aval para compra de vacina pelo Ministério da Saúde

14/09/2021 16h40 Atualizada há 5 dias
Por: Wellyson Nascimento
O advogado Marcos Tolentino durante depoimento à CPI da Covid no Senado - Foto: Pedro Ladeira
O advogado Marcos Tolentino durante depoimento à CPI da Covid no Senado - Foto: Pedro Ladeira

Em depoimento à CPI da Covid na manhã desta terça-feira (14), o advogado e empresário Marcos Tolentino negou ser o sócio oculto do FIB Bank, empresa que deu a garantia para o negócio envolvendo a vacina indiana Covaxin.

Tolentino, no entanto, reconheceu que possui vários negócios em comum com o grupo, que ele alega serem frutos de participações em sociedades que ele manteve no passado. E se calou quando questionado sobre detalhes de sua relação.

O advogado e empresário também disse que manteve “encontros meramente casuais” com o presidente Jair Bolsonaro e reafirmou sua amizade com o líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.