Domingo, 19 de Setembro de 2021
92 98468-7887
Saúde VARIANTE MU

Variante colombiana da Covid é confirmada no Amazonas

Foram dois casos confirmados da variante MU, as pessoas contaminadas tem parentes Letícia, na Colômbia

11/09/2021 10h36
Por: Andreia Souza
Imagem da Internet
Imagem da Internet

A Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) confirmou na sexta-feira (10), dois casos de Covid-19 pela variante Mu (B.1.621) no município de Tabatinga interior do Amazonas. A nova variante da Covid foi identificada no mês de janeiro deste ano, e tem sua origem da Colômbia. Outros casos no Brasil também foram confirmando no estado de Minas Gerais.

No Amazonas os casos registados foram em uma mulher, de 73 anos, e em seu neto de apenas 10 anos. A confirmação só foi possível após sequenciamento genético de um lote de 14 amostras positivas para Covid-19.

AFVS-AM disse que as duas pessoas infectadas com a variante Mu possuem parentes residentes em Letícia, na Colômbia. Os dois já estão fora do período de transmissão do vírus, e alcançaram cura clínica.

A identificação desses casos no Amazonas só foi possível  a partir de realização de sequenciamento genético (análise de amostras de RT-PCR com o objetivo de identificar variantes). As amostras foram coletadas em ação na área de fronteira de Tabatinga e encaminhadas para sequenciamento genético da Fiocruz Amazônia.

A notificação foi realizada pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da FVS-RCP (CIEVS/FVS-RCP) ao CIEVS nacional na quinta-feira (9) e ao CIEVS de Tabatinga.

Segundo a enfermeira e coordenadora do CIEVS/FVS-RCP, Liane Souza, o menino detectado com a variante não apresentou nenhum sintoma gripal. Já a mulher apresentou febre, tosse e dispneia (falta de ar).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.