Domingo, 19 de Setembro de 2021
92 98468-7887
Política COTÃO NA PANDEMIA

Omar Aziz usa 'cotão' para contratar empresa de comunicação por R$ 30 mil; Eduardo Bolsonaro criticou o senador

O parlamentar já pagou por esse serviço cerca de R$ 120 mil reais de abril a julho deste ano, conforme os dados da transparência do Senado Federal.

23/07/2021 09h13
Por: Sadim Salatiel
Omar Aziz usa 'cotão' para contratar empresa de comunicação por R$ 30 mil; Eduardo Bolsonaro criticou o senador

O senador Omar Aziz (PSD), presidente da CPI da Covid, contratou desde abril desse ano os serviços de consultoria e marketing da empresa Eireli -ME. O pagamento do serviço foi realizado por meio da Cotas para Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP).

O parlamentar já pagou por esse serviço cerca de R$ 120 mil reais, conforme os dados da transparência do Senado Federal.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) divulgou em suas redes sociais que o senador usou dinheiro público para contratar a empresa. “Omar Aziz, presidente da CPI que tenta derrubar Bolsonaro, contratou uma empresa pra fazer sua comunicação. Em um golpe do destino, o escolhido pago com dinheiro público é o ex-marido da jornalista Vera Magalhães”, disse o deputado.

Citada pelo deputado, a jornalista Vera Magalhães rebateu o deputado. “Deputado, como sempre desinformando. Otávio Cabral não é meu ex-marido, mas meu marido, há 26 anos. Tem a empresa dele e é jornalista há 29 anos, com sólida carreira em redações e assessoria. E faz o trabalho dele. Não por ser marido da Vera Magalhães, mas por ser Otávio Cabral”, escreveu no Twitter.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.