Sábado, 31 de Julho de 2021
92 98468-7887
Política "QUEM VAI PROIBIR"

Mourão afirma que haverá eleição mesmo sem voto impresso

'Quem vai proibir a eleição no Brasil?', questionou o vice-presidente. Jornal 'O Estado de S. Paulo' relatou ameaça do ministro da Defesa contra as eleições caso o voto impresso não seja aprovado; ministro negou.

22/07/2021 16h47 Atualizada há 1 semana
Por: Wellyson Nascimento Fonte: Com informações G1
Foto: Guilherme Mazui/G1
Foto: Guilherme Mazui/G1

O vice-presidente do Brasil  Hamilton Mourão afirmou na tarde desta quinta-feira (22) que é “lógico” que haverá eleições no Brasil em 2022, mesmo que não seja aprovada a proposta do voto impresso, defendida pelo presidente  Bolsonaro. Segundo o vice, o Brasil não é uma “república de bananas”.

Mourão deu a declaração em entrevista ao chegar ao Palácio do Planalto, no início da tarde.

Ele comentou reportagem do jornal "O Estado de S. Paulo", que relatou uma ameaça do ministro da Defesa, Braga Netto, ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Segundo o jornal, Braga Netto teria enviado a Lira o recado de que não teria eleições no ano que vem se o voto impresso não fosse aprovado.

Braga Netto negou que tenha feito à ameaça. Ele disse ainda que "as Forças Armadas atuam sempre e sempre atuarão dentro dos limites previstos na Constituição".

Ao dizer que o pleito de 2022 irá permancer, Mourão ainda questionou: "Quem vai proibir?"

“É lógico que vai ter eleição. Quem é que vai proibir eleição no Brasil? Por favor, gente, isso aí... Nós não somos república de banana”, disse o vice-presidente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.