Sábado, 31 de Julho de 2021
92 98468-7887
Internacional Internacional

EUA: Homem provoca tumulto em voo da Delta Air Lines; assista

Vídeo que circula nas redes sociais mostra o passageiro, visivelmente alterado, tentando ser contido pela tripulação

12/06/2021 10h51
Por: Bianca Mello Fonte: R7 - Sofia Pilagallo*, do R7
Não se sabe o que teria causado a briga ou quem o homem estaria confrontando - (Foto: Reprodução: Twitter )
Não se sabe o que teria causado a briga ou quem o homem estaria confrontando - (Foto: Reprodução: Twitter )

Um homem, que não foi identificado, provocou tumulto na noite de sexta-feira (11) durante um voo da Delta Airlines que partiu de Los Angeles, na Califórnia, com destino a Atlanta, na Geórgia. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o passageiro, visivelmente alterado, tentando ser contido pela tripulação.

Segundo o relato de uma testemunha no Twitter, o homem teria agarrado o sistema de som na cozinha da frente e ordenado aos outros a se sentarem e se prepararem para colocar suas máscaras de oxigênio, antes de ter tentado abrir a porta à força. Apesar disso, um porta-voz da companhia área afirmou que este não foi o caso e que não houve tentativa de sequestro.

O porta-voz disse ainda que o passageiro estava envolvido em algum problema, mas não sabia identificar o que teria causado a briga ou quem ele estaria confrontando. O avião foi desviado para cidade de Oklahoma, onde o homem foi detido pelas autoridades policiais, e pousou sem incidentes.

"Obrigado à tripulação e aos passageiros do Voo Delta 1730 que ajudaram a deter um passageiro indisciplinado enquanto o voo era desviado para cidade de Oklahoma", afirmou o porta-voz. "Pedimos desculpas aos nossos clientes pelo atraso e qualquer inconveniente adicional que isso tenha causado."

Assista ao vídeo:

*Estagiária do R7 sob supervisão de Karla Dunder

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.