Quarta, 16 de Junho de 2021
92 98468-7887
Geral Amazonas

Polícias do Amazonas e a Força Nacional deflagram operação ‘Mão de Ferro’ na zona oeste de Manaus

Até o momento, 42 adultos foram presos e três adolescentes foram apreendidos, sendo todos colocados à disposição da Justiça

10/06/2021 18h51
Por: Bianca Mello Fonte: Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas
Foto: Reprodução/Secom Amazonas

Agentes daSecretaria de Segurança Pública(SSP-AM) e da Força Nacional deflagraram, na manhã desta quinta-feira (10/06), aoperação “Mão de Ferro”. A ação contou com uma barreira policial montada nas proximidades da ponte Jornalista Phellipe Daou (Ponte Rio Negro), no bairro Compensa, zona oeste da capital.  Esta é a primeira ação integrada entre as forças de segurança estadual e nacional.

O coordenador deste primeiro dia de operação, o capitão Mateus Peclat, explica que as forças de segurança estão atuando em todas as zonas de Manaus, com incursões em ruas, becos e vielas, além de barreiras policiais.

Atuação

“A polícia militar está atuando 24 horas e, agora, somado aos esforços das equipes da Força Nacional. Estamos atuando de forma conjunta para combater a criminalidade nos locais com mais incidência. A atuação será em toda a cidade, dividido em dois turnos, com equipes diferentes atuando simultaneamente”, explicou.

O capitão ressalta ainda o apoio da população através das denúncias. “Nosso trabalho se torna muito mais eficaz com a colaboração da população, através do disque-denúncia. Podem contar sempre com a PM, utilizem o sistema que estaremos sempre prontos para dar resposta imediata”, afirmou Peclat.  

Denúncias

A Polícia Militar orienta a população que, ao tomar conhecimento de ações criminosas, faça a denúncia. As informações podem ser repassadas, de forma anônima, através do 181, o disque-denúncia da SSP ou 190.

Prisões

Até o momento, 42 adultos foram presos e três adolescentes foram apreendidos, sendo todos colocados à disposição da Justiça, por envolvimento nos ataques criminosos. Nesse total, inclui-se a prisão de cinco traficantes considerados lideranças do grupo criminoso que ordenou os ataques, após a morte de um traficante em confronto com a Polícia Militar, no último sábado (05/06).  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.