Quarta, 16 de Junho de 2021
92 98468-7887
Amazonas ATAQUE DE FACÇÃO

Em nota, MPAM diz que GAECO apura motivação dos envolvidos em ataque em Manaus e no interior

"As investigações correm sob sigilo e, tão logo seja possível, assegurada a eficiência das diligências, haverá a devida publicidade, que vigora como regra para os atos do Poder Público, dando-se a devida transparência e retorno para a sociedade", diz trecho da nota.

07/06/2021 11h23
Por: Sadim Salatiel
Em nota, MPAM diz que GAECO apura motivação dos envolvidos em ataque em Manaus e no interior

O Ministério Público do Estado (MPAM) divulgou uma nota na manhã desta segunda-feira (7) afirmando que o Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado – GAECO estão realizando a apuração dos fatos que levaram a facção criminosa Comando Vermelho a atacar Manaus e mais dois municípios do Amazonas.

Veja a nota:

NOTA A IMPRENSA

O Procurador-Geral de Justiça do Amazonas, Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, torna público que, diante dos eventos registrados em Manaus e mais duas cidades amazonenses na madrugada do dia 06/06, determinou ao GAECO (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) a apuração exaustiva dos fatos, visando a identificação do contexto, dinâmica e motivação envolvidos nas práticas e antecedentes dos recentes ataques ocorridos no Estado do Amazonas.

O MPAM está atuando a partir das primeiras investidas criminosas. A apuração dos fatos segue com o máximo de amplitude e assiduidade.

As investigações correm sob sigilo e, tão logo seja possível, assegurada a eficiência das diligências, haverá a devida publicidade, que vigora como regra para os atos do Poder Público, dando-se a devida transparência e retorno para a sociedade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.