Quarta, 16 de Junho de 2021
92 98468-7887
Amazonas Amazonas

Wilson Lima assina Termo de Cooperação Técnica de R$ 1,8 milhão para ampliar rede de distribuição de água em Nhamundá

O Governo, por meio da Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama), vai ampliar a rede de distribuição de água no município de Nhamundá.

06/05/2021 15h35 Atualizada há 1 mês
Por: Bianca Mello Fonte: Secom Amazonas
Rede de distribuição de água em Nhamundá
Rede de distribuição de água em Nhamundá

O Governo do Estado, por meio da Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama), vai ampliar a rede de distribuição de água no município de Nhamundá, a 383 quilômetros de Manaus. O Termo de Cooperação Técnica de R$ 1.872.219,89 foi assinado nesta quinta-feira (06/05), pelo governador do Amazonas, Wilson Lima; pela prefeita de Nhamundá, Marina Pandolfo; e pelo diretor-presidente da Cosama, Armando do Valle.

Wilson Lima destacou que o Governo do Amazonas tem atuado nos municípios do interior com o objetivo de melhorar a qualidade da água consumida pela população e, consequentemente, proporcionar mais saúde às famílias.

“É o caso lá de Apuí, de São Gabriel da Cachoeira, de Atalaia do Norte, que tem o terceiro pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país, e a gente está mudando essa realidade. Um dos grandes problemas lá era o abastecimento de água. A água que as pessoas consumiam se assemelhava a lama. E hoje a gente fica muito feliz de fazer a diferença na vida das pessoas que moram naquele município”, ressaltou o governador.

“Água é qualidade de vida, é saúde. Nova Olinda do Norte, nós também assumimos. E eu assumo o abastecimento de água em qualquer município que tiver problema. Qualquer município que tiver dificuldade no abastecimento de água, eu vou assumir para resolver esse problema”, acrescentouWilson Lima, após a assinatura do convênio.

Abastecimento 

De acordo com a Cosama, Nhamundá possui oito poços de captação, mas apenas sete estão operando para o abastecimento do município. Contudo, a água não recebe tratamento para garantir a qualidade.

São necessários reparos na rede de distribuição e na área elétrica, assim como a substituição de equipamentos operacionais. Também é preciso fazer serviços de manutenção e limpeza nos sete poços, além de instalação de cloradores para tratar a água.

Segundo dados da prefeitura do município, Nhamundá conta com 21.173 habitantes e cerca de 4.678 unidades consumidoras cadastradas. Atualmente a população recebe água bruta nos imóveis.

“A problemática da água do nosso município já se estende por muito tempo, e a assinatura desse termo é muito importante e trará benefícios para Nhamundá. Temos algumas famílias que não recebem água ou recebem de forma racionada. Os benefícios vão desde o fornecimento, a manutenção da água e, principalmente, isso vai refletir na qualidade de saúde e de vida da população do nosso município. Só temos a agradecer ao apoio que temos recebido do Governo do Estado”, destacou a prefeita de Nhamundá, Marina Pandolfo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.