Quarta, 16 de Junho de 2021
92 98468-7887
Amazonas CAPACITAÇÃO

Prosamim e ADCEA iniciam aulas de projeto para capacitar mulheres chefes de famílias

O projeto “Potência Feminina” teve início com uma aula inaugural, para as mulheres que residem nas unidades habitacionais do Prosamim.

06/05/2021 15h20 Atualizada há 1 mês
Por: Bianca Mello Fonte: Secom Amazonas
Projeto para capacitar mulheres chefes de família
Projeto para capacitar mulheres chefes de família

O projeto “Potência Feminina” teve início com uma aula inaugural nesta quarta-feira (05/05), para as mulheres que residem nas unidades habitacionais e em áreas de intervenção doPrograma Social e Ambiental dos Igarapésde Manaus (Prosamim) e no seu entorno. As capacitações são realizadas pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), em parceria com a Associação das Donas de Casas do Estado do Amazonas (ADCEA) e com o Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME). A aula inaugural aconteceu na sede da unidade, localizada no Centro de Manaus.

Cerca de 25 mulheres que residem nos residenciais do Prosamim e na Comunidade da Sharp participaram do primeiro dia de aula do projeto, que visa capacitar mulheres chefes de famílias sobre empreendedorismo, empregabilidade e tecnologia; incentivando alternativas de negócios, geração de renda e o empoderamento feminino.

As capacitações são oferecidas de forma gratuita e on-line, porém, para as mulheres que não têm acesso à internet em suas residências ou têm dificuldades em acompanhar as aulas de casa, foram disponibilizados os escritórios locais de gestão compartilhada, os Elos. A assistente social da UGPE, Alinny Lima, explica que a aula inaugural foi realizada para passar informações sobre os conteúdos das aulas do projeto.

“Hoje o ‘Potência Feminina’ teve a aula inaugural, e a equipe do ADCEA fez um tutorial de acesso à plataforma para aquelas mulheres que estavam tendo dificuldade de fazer as inscrições ou entrar nas aulas on-line. Nós também deixamos disponíveis os Elos dos residenciais Liberdade e Mestre Chico para as alunas que estão com problemas ou querem tirar dúvidas sobre o conteúdo”, conta a assistente social.

Rede de Mulheres 

Dentro do Prosamim já existem diretrizes que incentivam e oferecem capacitações para mulheres chefes de famílias, através de oficinas, palestras e ações sociais. A artesã residente no Residencial Mestre Chico, Socorro da Silva, acredita que a iniciativa do programa em promover projetos que alavanquem os pequenos negócios das mulheres ajuda na geração de renda e na esperança de um futuro melhor.

“Eu enxergo o projeto como uma porta para a gente conseguir ajudar em casa, melhorar nossa vida, nossa situação social e financeira”, explica a artesã.

Além das mulheres que já fazem parte das unidades habitacionais do Prosamim, pequenas empreendedoras que residem no entorno dos residenciais também fazem parte das capacitações do projeto “Potência Feminina”. É o caso da confeiteira Francisca Felix, que foi convidada a participar do projeto por meio de sua vizinha.

“Estava esperando uma ajuda, e veio a mais. Gostei muito do que ouvi aqui e estou com uma expectativa muito boa com as capacitações”, conta Felix.

Moradora da Comunidade da Sharp e também integrante do grupo SOS Sharp, Sulimara Freitas também participou da aula inaugural do “Potência Feminina”. Parintinense que carrega o artesanato nas veias, Sulimara comenta que o projeto traz um novo olhar para as mulheres de sua comunidade.

“Para mim aprimorou mais o meu conhecimento com artesanato, trouxe também uma visão nova de coisas boas. Enquanto não somos retirados, estamos participando das capacitações para buscar mais empenho para nós mulheres”, relata Freitas.

‘Potência Feminina’ 

O projeto tem o objetivo de capacitar mulheres a partir de 16 anos, focando na qualificação da parte comportamental e gerencial para mulheres que estão fora do mercado de trabalho e querem abrir seus negócios ou impulsionar os seus pequenos empreendimentos.

As capacitações são oferecidas em três módulos e, no final do projeto, as mulheres que concluírem as qualificações poderão participar da aceleração da Capital Sementes em Negócios, com mentorias e orientações, além de concorrerem a um edital interno para alavancar seus negócios no valor de R$ 10 mil para investimento.

Apesar das aulas terem iniciado, as inscrições do projeto “Potência Feminina” ainda estão sendo realizadas por meio do site www.potenciafeminina.net.br.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.