Quarta, 14 de Abril de 2021
92 98468-7887
Amazonas IRREGULARIDADE

43 estabelecimentos são fechados após desobedecer decreto governamental

A Central Integrada de Fiscalização (CIF) fechou 43 estabelecimentos que estavam funcionando além do horário permitido.

07/03/2021 21h36 Atualizada há 1 mês
Por: Joyce Carvalho
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Visando orientar e notificar estabelecimentos que estejam descumprindo decreto governamental, que proíbe aglomeração como forma de prevenção à Covid-19, a Central Integrada de Fiscalização (CIF) fechou 43 estabelecimentos que estavam funcionando além do horário permitido. A ação ocorreu na tarde e noite de sábado (06/03), e madrugada deste domingo (07/03), nas zonas sul, centro-oeste, norte e leste de Manaus.

Participaram da CIF um efetivo de 44 agentes incluindo polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), Instituto de Defesa do Consumidor (PROCON-AM), Ouvidoria da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) e o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

Segundo o relatório de operação, durante a fiscalização na tarde de sábado, os fiscais flagraram a feira do Mutirão, localizada no bairro Novo Aleixo, zona norte, funcionando após o horário estipulado pelo decreto. Mais de 40 barracas de venda foram notificadas e fechada pela equipe.

Além da feira, os agentes realizaram vistorias na praça do bairro Jorge Teixeira, feira do Fuxico, praça da Cidade Nova. Na praça do Caranguejo, conjunto Eldorado, o bar da Monique foi autuado por estar fornecendo consumo de bebidas além do horário permitido.

Na operação realizada na noite e madrugada, pela segunda vez, o Boteco do Mengão, localizado na rua Professora Lea Alencar, bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus, foi flagrado violando o decreto governamental e funcionando apenas como bar. O proprietário foi autuado pelos agentes da Dvisa Manaus e Procon-AM.

Balanço – Nas fiscalizações realizadas na sexta-feira (05/03) e sábado (06/03) já foram fechados 54 estabelecimentos que descumpriram decreto governamental que proíbe aglomeração de pessoas como forma de prevenir a propagação do novo coronavírus

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.