Quarta, 14 de Abril de 2021
92 98468-7887
Amazonas OBRA LIBERADA

Trecho da avenida João Valério é liberado para o tráfego nesta sexta-feira (5)

Parte da Avenida estava em obras desde o dia 17 de fevereiro na qual a tubulação de drenagem profunda havia cedido.

05/03/2021 19h58 Atualizada há 1 mês
Por: Wellyson Nascimento
Foto: Reprodução/LIve
Foto: Reprodução/LIve

A obra de recuperação do trecho da Avenida João Valério, entre as avenidas Djalma Batista e Constantino Nery, na zona Centro-Sul, foi liberada na noite desta sexta-feira (5) pelo prefeito David Almeida e o vice-prefeito Marcos Rotta, Através de uma live pelas redes sociais.

 

O trecho da avenida estava interditado há 16 dias por conta da obra emergencial devido o rompimento da tubulação de drenagem profunda que era muito antiga vindo a ceder no trecho dessas principais avenidas na cidade onde o fluxo de tráfego é muito grande vindo a causar

Bastante transtornos aos motoristas que precisavam mudar sua rota para evitar o longo trânsito no local.

Segundo informações da prefeitura o problema foi ocasionado pelas fortes chuvas dos últimos dias, devido a tubulação com tubo armco, instalado ainda na década de 80, não suportou o volume das águas e cedeu, ocasionando o afundamento.

“Nos tivemos alguns dias de trabalhos muito intenso da Seminf, sobre a coordenação do prefeito, que esteve aqui nos três turnos e nos garantiu algo difícil no seguimento político, que é a garantia de prazo sendo este estipulado pelo prefeito exatamente aquele necessário pra que nos puséssemos fazer uma obra exigido por ele e determinado pela cidade de Manaus”, afirma Rotta durante a live de inauguração.

De acordo com o ele, a nova e moderna rede de drenagem profunda tem 30 metros de extensão e foi composta com aduelas de concreto armado, medindo em torno de 2 metros X 2 metros. Também foram aplicados mais de quatro mil metros cúbicos de barro, 300 sacos de cimento, 100 metros de meio-fio, 100 metros de sarjetas, finalizando o serviço com a compactação do solo, com aproximadamente 80 toneladas de massa asfáltica, devolvendo a trafegabilidade da via.

"A determinação do prefeito David Almeida foi que realizássemos uma obra com qualidade e duradoura. Temos pelo menos 30 outros pontos de drenagem pela cidade e todos recebem a mesma atenção e empenho das equipes da Seminf", informou o vice-prefeito.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.