Domingo, 11 de Abril de 2021
92 98468-7887
Política ESTADO DE SAÚDE

Afastada do cargo, Shádia Fraxe passa por cirurgia no intestino

Shádia está licenciada do cargo de secretária da Semsa e teve seu pedido de afastamento acolhido pelo presidente do TCE-AM, Mário de Melo, por suposta fraude na vacinação em Manaus

01/03/2021 13h45
Por: Eduardo Menezes
Afastada do cargo, Shádia Fraxe passa por cirurgia no intestino

A titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Shádia Fraxe, passou por procedimento cirúrgico em São Paulo para desobstrução intestinal, segundo comunicado divulgado pela Prefeitura de Manaus nesta segunda-feira (1º).

Conforme o comunicado, Shádia, foi atendida no Hospital Adventista de Manaus, no dia 14 de fevereiro, com primeiro diagnóstico de semi-oclusão intestinal, até então, sem indicação cirúrgica, inicialmente submetida a tratamento clínico, permanecendo internada até o dia 16, quando, neste período, o quadro agravou para o de obstrução intestinal, combinado com indicação cirúrgica e pós cirúrgica em UTI.

Ainda de acordo com o comunicado, Shádia segue internada e reafirma o compromisso em atuar na gestão pública à frente da Semsa e que assim que recuperada, voltará a ocupar o cargo de secretária.

Shádia Fraxe se envolveu em uma polêmica no inicio da vacinação contra a Covid-19 em Manaus. De acordo com Ministério Público do Amazonas (MPAM), a titular da Semsa e outros secretários foram vacinados irregularmente. Shádia teve até pedido de prisão feito pelas investigações do caso.

Após representação dos Ministérios Públicos de Contas (MPC), e do Estado (MP-AM) e as Defensorias Públicas do Amazonas (DPE) e da União (DPU), o presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCEAM), admitiu os pedidos de afastamento de Shádia Fraxe e demais secretários vacinados indevidamente.

As representações tem como objetivo esclarecer as responsabilidades de agentes públicos pela falta de transparência e de impessoalidade administrativa na execução da campanha nacional de imunização da Covid-19 no âmbito do município de Manaus a partir do dia 19 de janeiro. Nem a secretária, nem a prefeitura se manifestaram sobre o assunto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.