Quarta, 14 de Abril de 2021
92 98468-7887
Polícia PRÁTICA ILEGAL

Operação apura retenção de cartões de programas sociais em comércios de Nova Olinda do Norte

Segundo as investigações, comerciantes da cidade seguram os cartões de benefícios sociais de consumidores como forma de assegurar o pagamento por compras realizadas ao longo do mês.

26/02/2021 17h13
Por: Lohana Fernandes Fonte: SSP-AM
FOTOS: Carlos Soares/SSP-AM
FOTOS: Carlos Soares/SSP-AM

A Polícia Civil e a Polícia Militar do Amazonas deflagraram a operação “Livre Arbítrio” para apurar a retenção de cartões de beneficiários de programas sociais, como o “Auxílio Emergencial” e o “Bolsa Família”, por comerciantes em Nova Olinda do Norte (a 135 quilômetros de Manaus). Estão sendo cumpridos nove mandados de busca e apreensão desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (26/02).

Com coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a operação é comandada pelo Departamento de Polícia Civil do Interior, com participação da Polícia Militar, através do Batalhão de Choque e da Companhia de Operações Especiais (COE).

Segundo as investigações, comerciantes da cidade seguram os cartões de benefícios sociais de consumidores como forma de assegurar o pagamento por compras realizadas ao longo do mês.

“O objetivo é dar enfrentamento a essa prática ilegal de retenção de cartões magnéticos, de auxilio emergencial, cartão bancário, de pessoas idosas e com deficiência, além da apropriação indébita. Tem dois crimes que vêm sendo praticados de forma corriqueira e, estamos juntos, Polícia Civil, Polícia Militar e Ministério Público, agindo para coibir essa prática ilegal”, afirmou o diretor do Departamento de Polícia do Interior, delegado Bruno Fraga.

Mais detalhes sobre a operação serão divulgados nos canais oficiais.

Entrevista com o delegado Bruno Fraga, diretor do DPI da Polícia Civil:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.