BANNER JORNALISMO DE VERDADE
AÇÕES PETROBRAS

Petrobras despenca em dois dias, estatal perde quase R$ 100 bi em valor de mercado sob efeito Bolsonaro

Bolsa recua quase 5% no Brasil. Corretoras recomendam venda de ações da estatal. Dólar fecha em alta, a R$ 5,45, enquanto juros futuros disparam

22/02/2021 19h40Atualizado há 2 semanas
Por: Wellyson Nascimento
Fonte: O GLOBO

O mercado financeiro no Brasil terminou a segunda-feira com um forte impacto provocado pelo pelo anúncio de que o presidente Jair Bolsonaro trocará o comando da Petrobras, na sexta-feira.

Num dia de nervosismo, o dólar fechou em alta, a Bolsa, em queda e as ações da Petrobras registraram um tombo de mais de 20%.

As ações da estatal como o mercado esperava desde o fim de semana, perderam muito valor em um só dia. Os papéis ordinários (PETR3) recuaram 20,48% enquanto os preferenciais (PETR4, sem direito a voto) caíram 21,51%.

A queda das ações da Petrobras nesta segunda é a maior em percentual desde 9 de março de 2020, quando os papéis preferenciais caíram 29,7% com a crise desencadeada pela epidemia do coronavírus, a maior desvalorização diária da companhia, segundo dados da Economática.

Os papéis da petrolífera até entraram em leilão (quando as negociações ficam suspensas até que os preços se estabilizem) pela manhã por conta da queda acentuada.

Efeito Bolsonaro: quase R$ 100 bi em valor perdidos

Em apenas dois dias, a Petrobras perdeu quase R$ 98 bilhões em valor de mercado, segundo a Economática.

Foram quase R$ 100 bilhões perdidos em valor de mercado desde sexta-feira, quando o mercado começou a reagir às declarações de Bolsonaro sobre a estatal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.