BANNER JORNALISMO DE VERDADE
FLEXIBILIZAÇÃO

Reabertura do comércio em Manaus é autorizado pelo Governo do Amazonas

Caso o número de óbitos volte a crescer e ocorra aglomerações o comercio poderá ser fechado novamente

19/02/2021 13h23Atualizado há 2 semanas
Por: Andreia Souza

Algumas flexibilizações foram anunciadas no início da tarde desta sexta-feira (19). As medidas passam a valer a partir da próxima segunda-feira (22).

O comercio funcionará de 9h às 15h de segunda a sábado, aos domingos está proibido funcionamento das lojas, o sistema delivery continua funcionando de 8h às 17h  e  o drive-thru de 8h às 16 horas, essas decisões  do plano foram tomadas em conjunto com CDL FComércio e instiruições ligadas ao do comercio em geral.

A rede de supermercado continua funcionando no horário já estipulado, a mudança é que todos os departamentos ficam liberados para serem comercializados.

Os shoppings funcionarão de 10 às 16 horas de segunda a sábado, o sistema de delivery de 8h às 17horas e drive-thru de 10h às 17 horas, a praça de alimentação segue o mesmo funcionamento dos restaurantes o funcionamento permitido é com capacidade de 50% de público, distanciamento social, uso de máscara no local.

As unidades de ensino estão autorizadas a parte administrativa de segunda a sexta com 50% da capacidade de pessoas nesse local, atendimento feito através de hora marcada.

Os restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos registrados como restaurante podem funcionar de 6h às 16 horas de segunda a sábado com capacidade de até 50%, no sistema de delivery continua até às 22 horas e o drive-thru até às 18 horas.

As Marinas é mais atividades que o governo está flexibilizando para que os proprietários possam está retirando seus bens para manutenção preventiva e corretiva.

Na construção civil está autorizada as obras em residências.

Essas e as outras flexibilizações ocorreram após a queda o numero de mortes no estado.

O governador em seu pronunciamento, enfatiza que “esses ajustes que nós estamos fazendo eles podem ser revogados ou podemos voltar atrás de acordo com a evolução dos casos epidemiológicos”. E cita o Centro comercial popular com exemplo “Centro comercial a aglomeração tá muito grande, como por exemplo no bate palma, todo mundo ali aglomerado, a gente não tem o que fazer a não ser  retroagir, a não ser voltar atrás das decisões, que nós estamos tomando aqui e eu não tenho o menor problema em fazer isso junto com a minha equipe” disse o Wilson Lima.

Aqui no Amazonas circula uma variante do novo coronavírus muito mais letal, a população precisa cooperar junto com o Estado pra que possamos vencer essa guerra contra esse vírus tão letal.Outras modificações devem ser publicadas no Diário Oficial do Estado. Ajude o Amazonas a vencer a covid-19, evite aglomerações, festas clandestinas, nós podemos vence essa guerra.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.