BANNER JORNALISMO DE VERDADE
GOVERNO | VACINA

Se Ministério da Saúde não se “mexer” Butantan diz que vai exportar doses extras de Coronavac

Doria afirmou considerar inacreditável que governo não se manifeste; ministério cita cláusula de exclusividade e que responderá no prazo

27/01/2021 18h38
Por: Wellyson Nascimento
Fonte: FOLHA SP
Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

O governo de São Paulo afirmou nesta quarta-feira (27) que vai exportar doses extras da Coronavac se o governo Jair Bolsonaro (sem partido) não manifestar interesse pela compra.

A afirmação foi feita durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, na zona oeste de São Paulo.

Segundo o governo, o Butantan tem contrato para fornecer 46 milhões de doses ao governo federal, com a possibilidade de adicionar 54 milhões de doses extras.

De acordo com o instituto, o contrato com o governo federal será cumprido, talvez até com antecedência. No entanto, não há definição alguma sobre o interesse em relação às demais doses.

"O Butantan tem compromisso com outros países e, se o Brasil declinar desses 54 milhões, vamos priorizar os demais países com quem temos acordo", disse Dimas Covas, do Instituto Butantan.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Manaus - AM
Atualizado às 21h13
27°
Nuvens esparsas Máxima: 29° - Mínima: 23°
29°

Sensação

4 km/h

Vento

79%

Umidade

Fonte: Climatempo
banner 300x600
NOTÍCIA COM QUALIDADE
Municípios
esporte com emoção
Últimas notícias
entretenimento e +
Mais lidas
sociedade em foco
esporte com emoção seguimentado